quinta-feira, 31 de julho de 2014

MACHO LATINO TATUADO MAGRINHO GOSTOSO DEMAIS!

VERDE E AMARELO AINDA FICA MAIS BONITO VOLUMOSO ASSIM.

CAPETA LEVANDO ROLA

CONTOS - MEU AMIGO,MEU COMEDOR

Realmente a vida nos ensina a ir alem, ousar e não ter medo de se desafiar, e assim as escadas do futuro se faz no presente.
Conheci Bruno quando tinha 16 anos e ele desde o primeiro olhar me conquistava com seu jeito, sua forma física e muito disto suas ideologias já avançadas para sua idade.
Ele era meu novo amigo do ano letivo e seu jeitinho meigo de menino, seu olhar fixo fazia de mim a se conquistar e o desejar a cada novo sorriso.
E assim ao olhar seus olhos, ver a beleza de seu corpo e sentir seu cheiro de perfume me fazia imaginar, e assim o imaginário imperfeito se tornava algo prazeroso, pois agora era eu um garoto apaixonado pelo melhor amigo de sala de 

SELFIE NO ESPELHO


quarta-feira, 30 de julho de 2014

SENTANDO GOSTOSO

CUZINHO APERTADINHO PELUDINHO DE MACHO

METENDO ROLA NO MULEKE SAFADO

CONTO - ENRABADO PELO NAMORADO DA MINHA IRMÃ

Estava eu totalmente deitado na sala de casa, quando de repente me toca a campainha, levanto lentamente para atender, somente de sunga devido estar sozinho. abro a porta e.
Na minha frente esta Sandro, homem másculo, cabelo liso, corpo forte, desejável, e namorado da minha irmã. Ele me cumprimenta com um olhar e pergunta da minha irmã. Digo que ela não esta e ele senta no sofá, ei lentamente caminho para o quarto para me vestir e o deixo na sala, porem algo estranho estava acontecendo, pois ao entrar no quarto e ao colocar o calção.
Sandro me olha pela porta e me diz:

- E daí viadinho, sua maninha não esta, esta afim de mamar em uma cacete gostoso.
Achei estanho devido ele nunca ter me tratado desta forma, sempre foi educado, singelo e apenas observava meus olhares para ele.

Eu não respondi, quando sinto ele me atacar.
Sinto sua mão grande me pegar e beijar a força. Acho estranho e mando-o parar, mas ele não atende e me diz que sabia que eu era viado e que curtia dar meu cuzinho.

Disse ainda que sabia que eu olhava para a pica dele e que hoje seria o dia dele me comer gostoso pois estava cansado de bucetinha.

Ele me joga na cama com sua força e sinto sua língua adentrar na minha boca, seu corpo forte e sua beleza me fazem ceder, era lentamente delicioso, gostoso, sentia ele me querer, achava estranho, porem não dava para dizer não a tudo aquilo.

Eu o tocava, sentia sua pele desejada antes, seu rosto e sua boca carnuda me faziam gemer de prazer.
Ele estava carente, seus músculos me faziam delirar, jamais eu pensava que poderia sentir e ter o namorado da maninha somente para mim. Ele me beijava, passava sua forte mão na minha coxa, na minha bunda e começava a enfiar seus dedos dizendo no meu ouvido que iria realizar minhas vontades de viaidnho.

Ele me deixava dominado diante do sexo, seu olhar, seus beijos, sua pegada máscula, forte, delirante.
Ele deslizava sua mão, me colocava de costas na cama e começava a descer em direção a meu rabinho, metia seus dedos e sua língua, me fazia gritar, gemer e me fazia um viadinho levado pelo sexo.
Era delirante, um macho se tornava um comedor de viado.

Sua deliciosa língua me abria e me fazia gemer, sentia o tocar e o abrir das minhas pregas com sua força.
Ele parecia faminto de sexo, parecia um leão selvagem pronto para atacar.

Sem mais ele estava diante da cama, totalmente nu, via sua beleza de macho jovem de 27 anos, suas curvas da academia em seus braços, suas coxas grossas, sua boca carnuda e seu jeito de bad boy.
Pois então tinha diante de mim uma pica desejada, ele balançava seu mastro na minha frente. Mandava-me cair de boca, me fazia engolir tudinho o que minha irmã havia engolido.
Eu não respondi, apenas cai de boca e sentia a delicia de sua tora, era linda, grossa, limpinha, delirante e saborosa, eu fazia um delicioso boquete.

Minha língua deslizava sobre a cabeçona dele, seu pica de tornava premio para mim, eu estava pronto para sentir seu gozar dentro do meu rabo e assim pedia para ele, pedia para ele me comer com gosto.
Ele se preparava e me fazia ficar de quatro na cama. Estava eu de rabo para cima e sentindo sua língua tomar seu ligar, ele começava a mamar meu rabinho, ele metia sua língua e metia gostosas dedadas, abrindo a passagem para me meter gostoso,

Sentia levemente suas dedadas e sua boca. Porem o que estava prestes a entrar era uma gostosa rola.
Então estava totalmente diferente e pronto para abrir meu cuzinho, sentia o adentrar de sua rola deliciosamente abrir meu anelzinho.

Ele começava a meter gostoso e eu sentia o que minha maninha sentia todas as noites, ele gemia ao me abrir, e eu estava louco de desejo, me fazia de puta e gritava de vontades.

Sua pica gostosa me fazia sentir um calor e um calafrio ao mesmo tempo, sentia suas bolas bater, era sinal que eu estava totalmente aberto e feliz, deliciosamente me sentia dominado.
Ele me fazia sentir seus toques e sua estocada forte.

Ele batia com força sua rola, ele estava suando de desejo e estávamos nos dois, juntos, delirando de prazer,
Sentia sua pica, seu corpo forte, seu gemer e via nele o sentido da vida, descobria que era de rola que eu gostava...

Gemia e ele se preparava para me encher de porra, meu anel estava vermelho de tanto meter, porem estava feliz, aberto para o prazer, estava eu pronto para receber o leitinho.
Ele griatav, urava e gozava diante do meu cu.

Era delirante, inesquecível, ele me chamava de viadinho de puta, e me fazia sentir tudo de prazer.
Sua porra estava dentro de mim, eu e ele, um só prazer...

Ele se levanta, me da um gostoso beijo de língua e diz:
- Quando sua irmã chegar a mande ir lá em casa, pois quero meter nela a noite toda, como meti em você.
Vira-se e sai, para na porta e diz:
- Mas fica de boa, te comerei também nas horas vagas.



FIM

Autor: Escritor Danyel
escritordanyel@hotmail.com
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Acesse e leia mais ;
www.casadoescritor.blogspot.com

ACESSE:


http://viciadosembundademachoassumidos.blogspot.com.br/

MACHO PICUDO GOSTOSO